Close

O que é o FSC

O Fórum Sociedade Crítica se apresenta como um espaço do pensamento e de reflexão do presente. Na medida em que busca posicionar criticamente o corpus pensante da Universidade diante de temas e problemas caros à contemporaneidade. O FSC, enquanto um “laboratório do pensamento”, pretende ofertar uma “caixa de ferramentas” epistemológicas, como propõe Michel Foucault, a todos aqueles àqueles e àquelas que não se encontram no interior das universidades e de suas engrenagens de produção de conhecimento. Almeja, nesse sentido, não indicar o caminho, mas, ao contrário, ofertar as condições para que os diferentes atores da sociedade produzam, por si sós, os rumos que desejam dar, de maneira especial, à Região Oeste da Bahia, e, de maneira mais ousada, ao próprio País. Por fim, cabe destacar que em tempos de obscurantismo, é o pensamento a principal via para a superação dos obstáculos que impedem o desenvolvimento e a felicidade dos povos.

Contribuições do FSC

O Fórum Sociedade Crítica visa instrumentalizar criticamente atores-chave na sociedade contemporânea, tais como professores da rede básica, estudantes das instituições de ensino públicas e privadas, profissionais da saúde, políticos, operadores do Direito e empresários, bem como a população em geral. Ao ofertar um repertório teórico-crítico a esses sujeitos, o FSC compreende que a sua maior contribuição é com o enfrentamento sério e crítico aos temas e problemas que mais de perto conversam com todos e todas, os quais, muitas vezes, têm impedido o desenvolvimento sustentável de nossas sociedades. Além disso, o FSC se
propõe ofertar atividades extensionistas a profissionais da educação atuantes
na Região Oeste do estado da Bahia. Essa região carece de cursos, eventos e outras modalidades de discussão e aprofundamento intelectual. Assim, entende-se que este Fórum contribuirá com o preenchimento desta lacuna. O FSC se insere no interior de ações de pesquisa, ensino e extensão desenvolvidas pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais (PPGCHS) da UFOB. O FSC também está contemplado pelo Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual e transferência de Tecnologia para a Inovação (PROFNIT), cujas temáticas centrais perpassam pela inovação e tecnologias sociais vislumbrando melhores condições para as comunidades do entorno. O que se pretende evidenciar, então, é a estreita relação do FSC, do PPGCHS e do PROFNIT. Os objetivos, desses programas e do FSC, são, na essência, os mesmos: viabilizar um espaço formativo de excelência, que aposte no diálogo aberto e livre de temas e problemas que dizem respeito à contemporaneidade, com foco na Inovação e no enfrentamento das desigualdades.

Finalidades do FSC

Para além de criar um espaço de debate e proposição de soluções para os
anseios atuais das sociedades, o Fórum Sociedade Crítica pretende:

• Resgatar a relevância do pensamento crítico para o presente.

• Pôr em diálogo profícuo a Universidade, localizada no Oeste da Bahia com as sociedades de seu entorno. E, mais do que isso, promover esse diálogo em tais sociedades com o que há de mais avançado do ponto de vista do pensamento no cenário internacional.

•Constituir uma comissão permanente entre os distintos atores das sociedades do Oeste da Bahia, tais como educadores, gestores públicos e privados,
empreendedores locais, dentre outros, com vistas a pensar saídas criativas aos
problemas da Região relacionados às desigualdades socialmente motivadas.

• Oferecer aos/às professores/as atuantes na Educação Básica do Oeste da Bahia um espaço de discussão e formação acadêmica na temática da
educação em direitos humanos, em sua interface com as Ciências
Humanas e Sociais.

• Oferecer formação interdisciplinar na temática dos direitos humanos aos estudantes universitários da Região geográfica de
abrangência do FSC.

• Posicionar a Universidade Brasileira, notadamente aquela que se localiza nas regiões afastadas dos grandes centros urbanos, de maneira crítica diante dos temas e problemas caros às populações de seu entorno.

• Elaborar um documento público – em modelo de “Carta Aberta” – que reúna as contribuições e os compromissos assumidos pela Comissão, bem como constituir um plano de trabalho com previsão de dois anos.

• Publicar, em formato de livro digital, o resultado das discussões realizadas no interior dos Painéis Temáticos, de modo a produzir material técnico especializado que servirá de referência, inclusive, para as próximas edições do FSC.

Histórico do FSC

Muito embora não existam edições anteriores do Fórum Sociedade Crítica,
posto que estamos em sua primeira edição, cabe mencionar a ampla experiência da
equipe organizadora e científica aqui reunida com a promoção de espaços de
diálogo de excelência nas temáticas que animam a presente iniciativa.

Destacam-se, como histórico que subjaz ao FSC, o Programa de Extensão Universitária “Re(ex)sistência LGBT”, que, em 2015, obteve do Ministério da Educação cerca de R$ 280.000,00 para levar a cabo uma série de projetos extensionistas no âmbito dos direitos humanos das pessoas LGBT. Mencionam-se, aqui, ainda, os cursos de extensão e formação continuada nas temáticas da cidadania e participação democrática ofertados, desde 2014, a docentes da rede básica de ensino da cidade de Barreiras/Bahia e Região. Tais iniciativas, dentre outras, culminaram, na apresentação de proposta de criação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais (PPGCHS/UFOB), bem como na proposição do FSC.